Artigos

Prazos de entrega são parte fundamental do contrato

O mercado imobiliário aquecido em nossa cidade já provoca também efeitos no Judiciário. As construtoras devem ligar o sinal de alerta quanto aos seus deveres, investindo em uma assessoria jurídica qualificada, a fim de prevenir litígios e exercer de maneira consistente suas defesas em processos judiciais, os quais têm se tornado mais frequentes diante da conscientização dos compradores aos seus direitos. A falta de cumprimento contratual por parte das construtoras quanto ao prazo de entrega do imóvel vem acarretando no dever de reparar os danos suportados pelo comprador, cuja indenização abrange tanto a esfera material quanto moral.

Leia mais:Prazos de entrega são parte fundamental do contrato

Grana para financiar casa própria vai ficar mais curta

O dinheiro que os bancos públicos e privados emprestam para financiar a casa própria vai ficar menor e o empréstimo para o setor deverá ficar mais caro nos próximos anos. Alguns especialistas estimam que a fartura de crédito para a habitação acabe em menos de dois anos, embora os mais otimistas prevejam que a escassez de crédito comece em apenas dez anos. De qualquer forma, o risco de falta de crédito é real.

Leia mais:Grana para financiar casa própria vai ficar mais curta

Imóvel com dois quartos tem maior valor de aluguel

Os imóveis que apresentaram menor tempo para serem alugados em Curitiba, considerando o trimestre março a maio, foram os apartamentos de dois quartos, com área média de 92m² — 83 dias. E foi também este tipo de imóvel que apresentou o maior valor máximo na hora de ser alugado, chegando a R$ 35,71 o metro quadrado. Em seguida aparecem os apartamentos de três quartos, com área de 156 m², com o tempo de 90 dias para a locação. O valor de locação deste tipo de imóvel chega a R$ 33,72. Os números são do Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), do Sindicado da Habitação e Condomínios do Paraná (Secovi-PR).

Leia mais:Imóvel com dois quartos tem maior valor de aluguel

Brasil vive boom de compra de imóveis por estrangeiros

imoveisgeralExecutivos de multinacionais que se encontram no Brasil a trabalho e investidores estrangeiros estão provocando um verdadeiro boom de compra de imóveis no país, principalmente no Rio e em São Paulo. Há casos, como o da Sotheby"s Realty, braço imobiliário da casa de leilões inglesa, em que as vendas devem quadruplicar até o fim do ano. Em outras empresas, o número de negócios com apartamentos de luxo está, no mínimo, dobrando. Muitos compram para morar, mas há também quem esteja de olho num bom investimento: o preço do metro quadrado no Leblon, por exemplo, teve alta de 45% em relação a junho de 2010. O mercado está para gringo.

Leia mais:Brasil vive boom de compra de imóveis por estrangeiros

Construção de luxo está em alta no nordeste

O valor chama a atenção: R$ 15 milhões. Este montante é referente a apenas uma residência, que hoje é possível encontrar no norte e nordeste do Brasil. Imóveis de luxo em empreendimentos milionários são a aposta para este ano, o que comprova que o mercado imobiliário de todo o País por enquanto vai bem. Exemplo de cidade em ascensão e que tem recebido condomínios cinco-estrelas é Porto Velho, em Rondônia, além de Recife, em Pernambuco, e Fortaleza, no Ceará. A Região Nordeste, uma das que mais crescem no Brasil, quer abocanhar uma fatia maior dos US$ 5 bilhões movimentados no País em 2010 só pelo setor de construção de luxo.

Leia mais:Construção de luxo está em alta no nordeste

Sub-categorias

rodape